Concurso do MPU - Os últimos dias para alguns, os primeiros, para outros

01 de Setembro de 2010 Concursos
A vida dos concurseiros nunca para. Enquanto para alguns esta semana é a penúltima antes da esperada prova do concurso do Ministério Público da União (MPU), para outros é a primeira de uma jornada de estudos para algum outro concurso que teve edital recém-publicado, enquanto para outros ainda é mais uma das várias de espera por algum concurso específico.

Para aqueles que estão estudando para o concurso do MPU, fica a dica de não querer "abraçar o mundo" nesses dias decisivos pré-prova, ou seja, querer estudar tudo o que não foi estudado até hoje. Não dá mais tempo para fazer isso, e tentar é pôr a perder esse recurso precioso. É hora, isto sim, de rever resumos, repassar aqueles pontos que se entendeu menos ou que precisam ser memorizados para a prova. O mais indicado, no entanto, é aproveitar para fazer muito exercícios de concursos anteriores do Cespe, banca responsável por esse concurso. Procure fazer isso, principalmente, com questões comentadas, que irão ensinar por que você errou aquelas questões as quais tinha certeza de que iria acertar. Cuidado extra com o local onde você buscará essas questões para resolver. Na internet o que não faltam são fontes de material de qualidade duvidosa. Procure bons sites, especialmente o do próprio Cespe, que disponibiliza todas as provas e gabaritos dos concursos públicos que organiza.

Para aqueles que estão nos primeiros dias de estudo de outros concursos públicos, a palavra de ordem é planejamento. Planejar faz parte dos estudos de quem está disposto a estudar com seriedade para concursos públicos. Sem planejamento é impossível estudar tão bem para qualquer concurso público quanto para estar naquela lista dos primeiros colocados que serão nomeados e empossados. Planejar significa reunir o que se terá de estudar, escolher o melhor material de estudo e distribuir tudo isso pelo tempo que se tem disponível para estudar. O concurseiro que planeja bem seus estudos ganha vantagem estratégica sobre a concorrência.

Finalmente, para aqueles que estudam enquanto aguardam o edital de algum concurso específico que parece que nunca será publicado, as palavras de ordem são paciência e persistência: paciência para não deixar a ansiedade ou desânimo atrapalhar os estudos e persistência para não esmorecer nos estudos. Tenha sempre em mente que quem estuda sem esperar o edital ser publicado está quilômetros a frente de quem espera, e, tratando-se de concursos públicos, vantagens assim não podem, nunca, ser desprezadas.


Fonte: A Editora

Visitas: 150
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)