Concurseiros pratiquem o Carpem Diem

22 de Junho de 2011 Área Policial
Em uma de suas famosas odes, o poeta romano Horácio disse algo que se aplica muito bem ao nosso cotidiano, principalmente ao dos concurseiros:

Carpe diem, quam minimum credula postero.

Traduzindo do latim esta frase significa:

"Aproveite o dia, não confie no futuro."

A ideia central por trás desta frase é expressa também em um famoso ditado popular:

"Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje."

Tudo isso tem haver com a arte e prática da administração do tempo, ou seja, planejar o que se quer ou precisa fazer a fim de ordenar suas atividades para fazê-las no seu tempo disponível e atingir seus objetivos.

Todos os dias temos uma quantidade limitada de tempo para fazer tudo o que precisamos. Se dormirmos demais, teremos tempo de menos para fazer nossas atividades, porém se acordarmos mais cedo poderemos fazer mais coisas. Da mesma forma, se sabemos o que fazer e como fazer, poderemos realizar essa atividade de forma muito mais eficiente e rápida.

Se para quem não tem de estudar para concursos públicos o tempo já é algo precioso, imagine para quem precisa estudar o máximo possível para poder aprender todas as matérias exigidas nos editais de concursos públicos. O tempo vira algo mais que precioso, algo essencial.

Segue uma "receita de bolo" bastante simples sobre administração do tempo:

1º - Listar as atividades a serem realizadas a fim de alcançar os objetivos desejados, tendo um panorama do que precisa ser feito.

2º - Organizar essas atividades de acordo com suas prioridades, de forma a não "perder" tempo com alguma atividade de baixa prioridade enquanto não se executa alguma de altíssima prioridade, sabendo-se assim o que fazer primeiro e o que pode ser deixado em segundo plano.

3º - Montar uma agenda diária a fim de acomodar todas essas atividades com o tempo disponível para realizá-las.

4º - Fazer ao final do dia um balanço de tudo o que se fez ou se deixou de fazer, a fim de não esquecer nada para traz, algo que pode ser fatal mesmo se tratando de atividades não prioritárias.

Você pode estar pensando que isso é algo muito intuitivo, mas seja sincero, você realmente administra com cuidado seu tempo?

Administrar o tempo deve ser para o concurseiro uma atividade constante e absolutamente necessária, feita com muita honestidade e utilizada como uma ferramenta para otimizar os estudos e alavancar o melhor aproveitamento do limitado tempo livre para estudar.

Concurseiros bem-sucedidos que alcançaram nomeações e posses em bons cargos públicos, com certeza administraram muito bem seu tempo, essa é uma técnica que traz resultado. Portanto, se você ainda não se organizou quanto ao seu tempo, o melhor é começar a fazê-lo, isso ajudará na sua aprovação.

Fonte: Editora Impetus

Visitas: 438
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)