O quanto você quer se mudar de cidade para ser empossado?

19 de Janeiro de 2011 Concursos
Em geral concurseiros sonham e desejam apenas ver seus nomes na lista de aprovados dos concursos públicos que prestam e, principalmente, com o feliz dia em que, finalmente, iniciarão o exercício do cargo público que foram empossados. E para alcançarem esse objetivo enfrentam dificuldades, fazem o possível e, muitas vezes, o impossível para estudarem com seriedade e qualidade.

Infelizmente, muitos concurseiros não consideram com a seriedade devida aspectos tão importantes como o local que trabalharão quando aprovados no concurso público. São comuns os casos de concurseiros que passam em concursos, mas ao se defrontarem com a necessidade de terem de se mudar para outra cidade, algumas vezes longe da família, se veem na difícil posição de terem de decidir entre uma coisa ou outra, a família e os amigos ou o cargo público.

Para evitar se ver em uma situação desse tipo, que também significam arrependimentos futuros, analise com cuidado cada concurso público que for prestar, não apenas em termos de matérias a serem cobradas em prova, número de vagas e remunerações oferecidas, mas também em termos de necessidade de mudança ou de viagens constantes.

Notem que em muitos casos a mudança do local de residência a fim de tomar posse do cargo público conquistado é imediata, em outros casos se tornará necessária em prazo definido ou mesmo indefinido, no pior dos cenários não há certeza alguma, apenas a possibilidade de remoção para outras localidades por prazos curtos ou mesmo definitivamente.

E como analisar esse fator? Simples, usando a matemática e o coração. A matemática tem a ver com custos de mudança e de fixação de residência em outra localidade, custos de manutenção (alimentação, aluguel, etc.), viagens para visitar a família e amigos, e demais despesas similares. O coração tem a ver com a possibilidade ou mesmo impossibilidade de viver longe, de recomeçar a vida em um local totalmente estranho, de sair da zona de conforto, do ninho.

Enfim, seja muito analítico nesta mudança de cidade para assumir o cargo público tão almejado, para que você não se frustre ou mesmo tome a decisão errada.

Fonte: Editora Impetus

Visitas: 145
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)