Concurso Petrobras 2011

26 de Janeiro de 2011 Concursos
O ano de 2011 inicia proclamando boas novas em matéria de concursos públicos, repetindo, portanto, a boa safra do ano passado, onde foram ofertadas milhares de vagas nas mais diversas áreas do setor público do país. Basta ver as inscrições de vários concursos já em aberto com muitas oportunidades, principalmente para aqueles candidatos que estão se preparando, há bastante tempo, visando uma aprovação para este ano.

O concurso da Petrobras, recentemente lançado, é uma prova bastante positiva que o ano de 2011 será sem sombra de dúvida, o ano dos concursos públicos. Assim, para efeito de informação, é oportuno fazer um breve resumo dos tópicos mais importantes do seu edital.

O concurso será realizado pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO, na data provável de 27 de fevereiro. Os horários e os locais de provas serão informados, posteriormente, no site da organizadora.

As inscrições deverão ser realizadas, no período de 10 a 27 de janeiro de 2011, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br). O valor das taxas de inscrições é de R$ 30,00 (trinta reais) para os cargos de nível médio/técnico e de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) para os cargos de nível superior.

As cidades onde serão realizadas as provas são: Rio de Janeiro-RJ, Macaé-RJ, São Paulo-SP, Campinas-SP, São José dos Campos-SP, Mauá-SP, Santos-SP, Florianópolis-SC, Porto Alegre-RS, Belo Horizonte-MG, Vitória-ES, Curitiba-PR, São Mateus do Sul-PR, Brasília-DF, Salvador-BA, Natal-RN, Aracaju-SE, Recife-PE, João Pessoa-PB, São Luís-MA Fortaleza-CE, Manaus-AM e Belém-PA.

Os polos de trabalho e os cargos serão divididos entre os seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O concurso visa preencher 838 vagas, para diversos cargos divididos em funções de nível médio e superior, com salário variando em média, entre R$ 2.615,86 a R$6.217,19. Além disso, conta ainda com uma série de ótimos benefícios como, por exemplo, a participação nos lucros e/ou resultados da empresa. O que é realmente uma boa notícia, em se tratando de uma empresa como a Petrobras.

Os candidatos aprovados serão empregados celetistas, ou seja, terão contrato individual de trabalho regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O concurso terá validade de seis meses, a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo vir a ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Petrobras.

As provas para os cargos de nível superior (à exceção de auditor júnior) terão duração de 4 horas e 30 minutos e serão constituídas de provas objetivas de conhecimentos básicos, com 20 questões, sendo 10 questões de português e 10 questões de inglês, além de conhecimentos específicos, com 50 questões, num total de 70 questões.

As provas para os cargos de nível médio terão duração de 4 horas, e serão constituídas de provas objetivas de conhecimentos básicos (à exceção de inspetor de segurança interna júnior), com 20 questões, sendo 10 questões de português e 10 questões de matemática, além de conhecimentos específicos, com 40 questões, num total de 60 questões.
As provas para cargo de auditor júnior, terão duração de 5 horas e 30 minutos, para as provas objetivas e a prova discursiva.

Feito essa análise inicial do edital, são necessárias algumas dicas sobre como a organizadora desse concurso costuma cobrar as questões nas provas:

1. Estudo Geral do Conteúdo do Edital - A FUNDAÇÃO CESGRANRIO, adota um estilo que cobra mais a memorização do conteúdo, portanto, é necessário que o candidato revise bastante e, repetidas vezes, todo o conteúdo do edital, através de resumos e, principalmente, resolvendo questões de provas anteriores realizadas por essa mesma banca ou de outras como a FCC e ESAF.

2. TIPO DE QUESTÕES - A FUNDAÇÃO CESGRANRIO, cobra questões do tipo múltipla escolha (A a E), e todas as questões seguem rigorosamente o conteúdo programático do edital, assim é necessária muita atenção no momento de pular algum item, por achar que não será cobrado.

3. DIFICULDADE DAS QUESTÕES - Todo o cuidado do mundo é pouco na hora responder as questões. Fique atento ao que diz o comando da questão para não escorregar nas chamadas "casca de banana" ou "pegadinhas", bastante comuns nesse tipo de prova (pratique resolvendo questões).

4. PREPARAÇÃO PARA O DIA DA PROVA - Procure fazer vários simulados de provas, em locais como bibliotecas. Ajuda bastante a controlar o tempo, a ansiedade e aquela terrível tensão na hora de responder a prova. (Experimente!)

Portanto, ainda restam muitos dias para uma boa preparação. Sendo essencial para isso, muito "P2D" (Planejamento, Disciplina e Determinação).

Fonte: Editora Impetus

Visitas: 187
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)