Boas notícias para os concurseiros que têm como meta a carreira diplomática

20 de Julho de 2011 Concursos
Tramita na Câmara o Projeto de Lei 7579/10, do Executivo, que cria no quadro de pessoal do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), 400 cargos de diplomata e 893 de oficial de chancelaria para provimento gradual a partir de 2011.

Além disso, são transformados, sem aumento de despesa, 346 cargos de assistente de chancelaria em 172 cargos de oficial de chancelaria. Segundo o projeto, o provimento gradual obedecerá a autorização do Ministério do Planejamento, desde que haja previsão orçamentária.

Essa notícia foi publicada há alguns dias pelaAgência Câmara de Notíciase causou furor nos concurseiros interessados em seguir a carreira diplomática e que estavam um tanto desapontados com o magro número de vagas oferecidas no concurso desse ano do Instituto Rio Branco (IRBr).

Os argumentos dos ministros das Relações Exteriores, Celso Amorim, e do Planejamento, Paulo Bernardo, para esse grande número de novos cargos são de que é necessário adequar a estrutura do corpo diplomático brasileiro para enfrentar tanto o aumento da complexidade do cenário internacional, quanto o aumento da participação do Brasil nesse cenário. A campanha para o ingresso do país no Conselho de Segurança da ONU também foi considerada.

Hoje, o Brasil tem 223 representações diplomáticas ao redor do mundo e um corpo de um pouco mais de 1200 diplomatas, o que é claramente incompatível com a presença do país nas discussões internacionais e também o aumento do fluxo de brasileiros que viajam para o exterior para negócios, turismo ou estudos.

Apesar de tal aumento ainda não ter sido aprovado, o projeto já tramita em caráter conclusivo, ou seja, não precisa mais ser votado pelo Plenário da Câmera dos Deputados. O projeto ainda passará pelas comissões que irão analisá-lo, ou seja, pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Para os concurseiros interessados na carreira diplomática isso significa que é bom aumentar a carga de estudos o quanto antes a fim de estar melhor preparado para o concurso do ano que vem do IRBr, que talvez já ofereça um número substancialmente maior de vagas, uma vez que concursos que oferecem muitas vagas são muito mais visados.

Notem que a preparação para os concursos da carreira diplomática exigem estudo intensivo e orientado, uma vez que tal certame é de alto nível e aprova apenas os candidatos que estão preparadíssimos. Por isso, se o seu sonho é seguir a carreira diplomática anime-se com esta notícia e continue focado em seus estudos.
Visitas: 225
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)