Entrevista com a Promotora de Justiça Claudia Barros sobre seu livro

06 de Agosto de 2010 Concursos
A Promotora de Justiça Claudia Barros chega a Impetus para ajudar a todos os concurseiros. Seu livro, Leis Penais Especiais para concursos, explica, de forma clara, precisa e dinâmica, os assuntos mais abordados no Direito Penal. Conversamos com ela para saber mais sobre o livro e quais são seus planos.

Conte-nos sobre sua carreira
Sou Promotora de Justiça e há doze anos integro os quadros do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, sou Coordenadora da 3ª Central de Inquéritos do MPRJ e Diretora do Curso Preparatório da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Também sou professora desde os 17 anos, quando iniciei minha carreira no magistério, dando aulas de inglês. Atualmente leciono Direito Penal.

Há quanto tempo a senhora escreve livros?
Este é o meu primeiro livro.

Fale um pouco sobre ele.
Neste livro, trato das Leis Penais Especiais exigidas normalmente nos Concursos Públicos, abordadas como se fossem aulas e trazendo apenas pontos que são relevantes para o concurseiro, além da jurisprudência do STF e STJ. No livro são trazidas questões de provas já aplicadas, com o respectivo gabarito, comentado item por item. Tive a preocupação de não apenas dar o gabarito, mas efetivamente mostrar os erros e acertos de cada uma delas.

Quais os projetos para os próximos livros?
Darei continuidade ao tratamento das leis especiais, escrevendo sobre aquelas não abordadas no primeiro livro. Também estou trabalhando em um projeto de livro de Direito Penal que traga o conteúdo abordado nas provas da área fiscal, além de um resumo de parte especial que contenha, em um só volume, os crimes dos artigos 121 a 359-H do Código Penal.

Quais as dicas que a senhora dá para que os candidatos que estão tentando passar em concurso público se deem bem nas provas?
Estudar muito a jurisprudência das Cortes Superiores, direcionar os estudos para aquilo que é efetivamente importante e lembrar que estudar para concurso é bastante diferente do estudo a que estamos acostumados quando nos bancos universitários.

A senhora dá aulas. Quais medidas devem ser tomadas para melhorar o ensino do Direito no Brasil?
Aumentar as exigências para credenciamento e funcionamento de faculdades.

Deixe um recado para seus leitores
A vida do concurseiro é uma luta constante contra as suas próprias limitações. Definitivamente, em concurso público não necessariamente logram êxito os muito bons, mas os muito determinados, perseverantes e que, sabendo de tais limitações, não as subestimam.

Fonte: Editora Impetus

Visitas: 342
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)