IBGE: concurso em julho para 4.400 vagas

01 de Junho de 2011 Concursos
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) irá realizar, no segundo semestre deste ano, dois concursos para contratação de 4.400 temporários em todo o país, nos cargos de agentes de pesquisa e mapeamento e agente de pesquisa por telefone, ambos de nível médio, com remuneração de R$803,25, e supervisor de pesquisa, de nível superior, com remuneração de R$4 mil.

De acordo com o edital do pregão eletrônico para a contratação da organizadora dos concursos, divulgado no ComprasNet, portal de compras do governo federal, a divulgação dos editais está prevista já para julho.
A abertura das seleções já havia sido informada à FOLHA DIRIGIDA, no último dia 27, pelo diretor-executivo do IBGE, Sérgio da Costa Cortes. "Essas pessoas vão trabalhar exclusivamente nos nossos levantamentos e pesquisas, ocupando uma posição em todas as agências", disse ele.
O primeiro edital tem publicação prevista para 15 ou 18 de julho, com inscrições no período entre 8 e 21 de agosto, mediante a taxas de R$20 (nível médio) e R$100 ( superior), e provas, no dia 25 de setembro. Serão 132 vagas para agente de pesquisa por telefone e 18 para supervisor de pesquisa, todas para o município do Rio de Janeiro.

Já o edital para as 4.250 vagas de agente de pesquisa e mapeamento, com vagas para os 26 estados brasileiros e distrito federal, deve ser publicado poucos dias depois, em 21 ou 22 de mesmo mês. O prazo de inscrição previsto vai de 22 de agosto a 4 de setembro, com taxa de R$20, e as provas deverão ser aplicadas em 23 outubro.

O cargo de agente de pesquisa e mapeamento do IBGE é aberto a quem possui pelo menos o ensino médio completo. Já para agente de pesquisa por telefone, além do ensino médio completo, é exigida experiência de pelo menos um ano como operador de teleatendimento. Para superior de pesquisa, haverá chances para quem possui o ensino superior completo em qualquer área (14), além das exclusivas para os graduados em Estatística (2), Engenharia Química (1) e em cursos da área de Tecnologia de Informação e Comunicação (1).
Para os três cargos, o IBGE abriu seleção pela última vez em 2009 e, na ocasião, além das remunerações oferecidas, os contratados tiveram direito a auxílio-alimentação, que hoje é de R$304.

A seleção será feita exclusivamente por meio de provas objetivas, com 60 questões. Conforme o cargo pretendido, serão cobrados conhecimentos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais, Noções de Informática, Geografia, Conhecimentos Específicos e Noções de Administração/Situações Gerenciais.

A intenção do IBGE é iniciar as contratações dos aprovados para agente de pesquisa por telefone e supervisor de pesquisa em outubro, e para agente de pesquisa e mapeamento, em novembro. Segundo consta no edital do pregão para a contratação da organizadora, o tempo de contrato irá variar de acordo com o cronograma de trabalho.

Os novos contratados deverão ser utilizados no trabalho de ampliação e aprimoramento das pesquisas realizadas pelo IBGE por meio da criação do Sistema Integrado de Pesquisas Domiciliares (SIPD), que tem início com a realização da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), que substituirá a Pnad anual e a Pesquisa de Emprego (PME), que hoje estão restritas a seis regiões metropolitanas e terão o alcance ampliado.

Fonte: Folha Dirigida 31/05/2011

Visitas: 104
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)