Tribunal de Contas da União já tem organizadora de concurso

29 de Agosto de 2011 Concursos
Conforme publicação no Diário Oficial da União do dia 25 de agosto, o CESPE/UnB foi escolhido para ser o organizador do concurso para 70 vagas de auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU). O cargo tem exigência de nível superior (em diversas áreas) e vencimentos iniciais de R$11.413,00, sendo R$10.775,00 de salário básico e R$638,00 de auxílio-alimentação.

Embora o TCU ainda não tenha informado quando irá publicar o edital, o presidente do tribunal, ministro Benjamin Zymier, em recente entrevista à Folha Dirigida, já manifestou o desejo de que a divulgação das regras do concurso ocorram prontamente, por conta da demanda latente de pessoal em virtude do calendário esportivo brasileiro.
No entanto, com a definição da organizadora, a expectativa é de que o edital possa ser publicado já em setembro, já que não costuma ser muito demorado o processo após a definição da instituição que aplicará as provas.

Das oportunidades, 68 são para a área de Controle Externo, especialidade Controle Externo (42 na orientação Auditoria Governamental e 26 na Auditoria de Obras Públicas) e duas são para a área de Apoio Técnico e Administrativo, especialidade Psicologia. As vagas para Auditoria de Obras Públicas e Psicologia terão lotação no Distrito Federal. Já as oportunidades para Auditoria Governamental contemplaram o Acre (3), Amapá (2), Amazonas (1), Distrito Federal (22), Maranhão (6), Rondônia (4) e em Roraima (4).

No ano passado, ocorreu o último concurso para o cargo de auditor federal de controle externo. Contudo, a seleção contemplou apenas a especialidade de Informática. A primeira etapa consistiu em provas objetivas e discursivas, divididas por Conhecimentos Básicos e Específicos.

Em Conhecimentos Básicos foram cobradas 100 questões, que versaram sobre Controle Externo, Direito Administrativo, Licitações e Contratos, Língua Inglesa e Portuguesa. Os candidatos ainda tiveram de dissertar sobre esses assuntos em duas questões. O exame específico teve 100 questões e uma discursiva, além de uma redação.

A segunda fase do concurso foi um curso de formação, eliminatório, com duração mínima de 120 horas, realizado em Brasília.

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 126
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)