Petrobras divulga resultado final de prova objetiva

30 de Setembro de 2011 Concursos
A Petrobras divulgou o resultado final do concurso para 590 vagas, com exceção dos cargos de advogado júnior e inspetor de segurança interna júnior, para os quais houve prova discursiva. O resultado do processo seletivo traz a pontuação e a classificação geral por área.

Os cargos são de nível médio e superior. Se inscreveram no concurso 173.686 candidatos. A remuneração mínima inicial varia entre R$ 1.801,37 e R$ 2.615,86, para cargos de nível médio, e entre R$ 5.770,31 e R$ 6.217,19, para cargos de nível superior.

A Petrobras também oferece uma série de benefícios, como previdência complementar, plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia) e benefícios educacionais para dependentes, entre outros.
Do total de 590 vagas oferecidas, distribuídas por todo o país, 442 vagas são para cargos de nível médio (24 cargos) e 148 são para cargos de nível superior (21 cargos).

Os cargos de nível médio/técnico são de inspetor de segurança interna, técnico de administração e controle, técnico de comercialização e logística, técnico de contabilidade, técnico de exploração de petróleo - geodésia e geologia, técnico de informática, técnico de inspeção de equipamentos e instalações, técnico de logística de transporte - controle, técnico de manutenção - caldeiraria, elétrica, eletrônica, instrumentação e mecânica, técnico de operação, técnico de projetos, construção e montagem - elétrica, estruturas navais e mecânica, técnico de segurança, técnico de suprimento de bens e serviços - administração, elétrica e mecânica, técnico de telecomunicações e técnico químico de petróleo.

Os cargos de nível superior são de advogado, analista ambiental - biologia e oceanografia, analista de sistemas - engenharia de software, infraestrutura e processos de negócio, arquiteto, assistente social, contador, dentista, engenheiro de equipamentos - elétrica e eletrônica, engenheiro de geodésia, engenheiro de petróleo, engenheiro de produção, engenheiro naval, estatístico, geofísico - geologia, geólogo, nutricionista e químico de petróleo.
Serão reservadas vagas para pessoas com deficiência nos seguintes cargos, polos de trabalho e quantitativos: advogado, no polo nacional (1 vaga); analista de sistemas - engenharia de software, no polo nacional (1 vaga); analista de sistemas - infraestrutura, no polo nacional (1 vaga); analista de sistemas - processos de negócio, no polo nacional (1 vaga); contador, no polo nacional (1 vaga); engenheiro de produção, no polo nacional (1 vaga); técnico de comercialização e logística, no polo Rio de Janeiro (1 vaga); técnico de contabilidade, no polo estado da Bahia (2 vagas); técnico de suprimento de bens e serviços - administração, no polo Rio de Janeiro (1 vaga) e no polo Macaé (1 vaga).

Para os cargos de assistente social, estatístico, nutricionista, técnico de administração e controle, técnico de comercialização e logística, técnico de contabilidade, técnico de informática, técnico de suprimento de bens e serviços - administração, nos polos de trabalho em que não existe previsão inicial de reserva de vaga para pessoa com deficiência, será formado cadastro por candidatos classificados até a 5ª posição na listagem específica para pessoa com deficiência.

De acordo com o edital, não serão aceitos cursos de tecnólogo ou licenciatura, exceto para os cargos de analista de sistemas júnior - engenharia de software, analista de sistemas júnior - infraestrutura e analista de sistemas júnior - processos de negócio.

Provas

Todos os candidatos fizeram provas objetivas. Os candidatos ao cargo de advogado fizeram ainda provas discursivas. Já os concorrentes ao cargo de inspetor de segurança interna farão ainda exame de capacitação física, que será realizado nas cidades de Salvador e Santos.
As provas objetivas e discursivas foram aplicadas no dia 28 de agosto, nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas (SP), Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macaé (RJ), Maceió, Manaus, Mauá (SP), Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Luís, São Mateus do Sul (PR), São Paulo, Três Lagoas (MS) e Vitória.

Os candidatos aprovados farão ainda exames médicos, de avaliação psicológica e de levantamento sociofuncional.

Os aprovados aos cargos de analista ambiental - biologia; analista ambiental - oceanografia; analista de sistemas - engenharia de software; analista de sistemas - infraestrutura; analista de sistemas - processos de negócio; contador; engenheiro de equipamentos - elétrica; engenheiro de equipamentos - eletrônica; engenheiro de geodésica; engenheiro de petróleo; engenheiro de produção; engenheiro naval; geofísico - geologia; geólogor; químico de petróleo; técnico de comercialização e logística; técnico de exploração de petróleo - geodésica; técnico de exploração de petróleo - geologia; técnico de inspeção de equipamentos e instalações; técnico de logística de transporte - controle; técnico de manutenção - caldeiraria; técnico de manutenção - elétrica; técnico de manutenção - eletrônica; técnico de manutenção - instrumentação; técnico de manutenção - mecânica; técnico de operação; técnico de projeto construção e montagem - elétrica; técnico de projeto construção e montagem - estruturas navais; técnico de projeto construção e montagem - mecânica; técnico de segurança; técnico de suprimento bens e serviços - administração; técnico de suprimento bens e serviços - elétrica; técnico de suprimento bens e serviços - mecânica e técnico químico participarão de programa de formação de empregados, realizado após a admissão ou readmissão. O local de realização será informado na fase de admissão ou readmissão. O curso tem caráter eliminatório e exige dedicação integral.

O processo seletivo anterior, lançado em dezembro do ano passado pela companhia, contou com cerca de 340 mil inscritos. Na ocasião, foram oferecidas 839 vagas. As convocações deste concurso estão em andamento.
O Plano de Negócios 2011 a 2015 da Petrobras prevê contratar cerca de 14 mil novos empregados até 2015.


Clique aqui e veja o resultado final!

Fonte: Portal G1

Visitas: 2210
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)