TJ-PE: saiu edital para 2º e 3º graus. Até R$5.642,46

14 de Outubro de 2011 Concursos
Eis a boa notícia: saiu o aguardado edital do concurso para o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE). São oferecidas 203 vagas imediatas para os cargos de técnico judiciário, que requer nível médio (áreas judiciária e administrativa) ou médio/técnico (outras áreas); analista judiciário, para o qual é aceito curso superior em diversas áreas; e oficial de justiça, que exige graduação em Direito. Além disso, o concurso visa à formação de cadastro de reserva, o que permitirá ainda mais convocações durante a validade da seleção, de dois anos, prorrogável por igual período.

A remuneração total será de R$3.455,73 para técnico, R$4.312,79 para analista e R$5.642,46 para oficial. Esses valores são compostos por salário, gratificação de exercício, gratificação de incentivo à produtividade, auxílio alimentação, auxílio saúde e auxílio transporte. Os oficiais contarão, ainda, com um adicional por risco de vida. O regime de contratação é o estatutário, garantia de estabilidade.

Os interessados poderão se inscrever a partir das 10 horas do próximo dia 17, no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora - o prazo se estende até as 14 horas de 11 de novembro. No ato da inscrição, o candidato terá que escolher um dos 15 pólos onde deseja trabalhar, que será o mesmo local de aplicação da prova. É possível concorrer a mais de um cargo, desde que o horário de realização do teste não seja o mesmo.

As taxas custam R$58 para o nível médio e médio/técnico e R$78 para o superior, e poderão ser pagas, via boleto ou cheque, em qualquer banco ou casa lotérica da Caixa Econômica Federal. Só terão direito à isenção os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que tiverem renda mensal de até três salários mínimos, ou per capita de até meio salário mínimo. A isenção deverá ser solicitada entre as 10h do próximo dia 10 e as 14h do dia 13 de outubro.

Os que quiserem concorrer como deficiente, aos quais serão reservadas 5% das vagas, deverão indicar essa intenção no momento da inscrição. Também será necessário enviar à FCC, por Sedex ou Aviso de Recebimento, um laudo médico que ateste o tipo de grau da deficiência, com referência à Classificação Internacional de Doença (CID), junto com outros documentos, listados no item 5 do edital.

Avaliação - A prova objetiva acontecerá no dia 15 de janeiro de 2012, nas cidades de Recife, Caruaru, Limoeiro, Carpina, Vitória de Santo Antão, Jaboatão dos Guararapes, Garanhuns, Caruaru, Arcoverde, Serra Talhada, Salgueiro, Araripina e Petrolina, conforme o pólo escolhido. Única etapa da seleção, o exame será aplicado no turno da manhã para os cargos de técnico e oficial de justiça e à tarde para analista judiciário, durante três horas.

A avaliação terá 60 perguntas de múltipla escolha, sendo 30 sobre Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa, Legislação Aplicada, Raciocínio Lógico e Noções de Informática ou Noções de Direito Constitucional, conforme a função) e 30 de Conhecimentos Específicos. A exceção fica para as carreiras ligadas à Informática, cujas provas serão compostas por 20 itens de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 166
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)