Concurso do INSS - Prestar ou não?

08 de Novembro de 2011 Concursos
Segundo informações divulgadas pelo próprio INSS, o concurso público do órgão está próximo, o que traz muitas dúvidas para um grande número de concurseiros sobre se vale mesmo a pena ou não estudar para esse certame.

A fim de ajudar quem tem dúvidas em relação a esse concurso, nada melhor que analisar alguns prós e contras para a carreira de técnico, que deve oferecer 1.500 vagas.


O CONCURSO

Prós

-Pelo número de vagas (1.500) que deverão ser oferecidas, promete ser um dos maiores concursos públicos de 2011/12.

-Apesar de a chamada ser feita de forma escalonada, espera-se que todos os aprovados sejam empossados ainda em 2012.

-Haverá vagas para centenas de cidades por todo o país.

Contras

-O grande número de vagas oferecidas atrairá centenas de milhares de concurseiros, alguns milhares muito bem preparados.

-O período entre a publicação do edital e as provas deverá ser muito mais curto que de costume.

-Se o concurso for por cidade e não por polos de cidades, isso dificultará a vida de muitos concurseiros que terão de escolher entre "mais vagas" ou "trabalhar na localidade pela qual se tem preferência".


O CARGO DE TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

Prós

-Exige apenas certificado de conclusão do nível médio.

-A remuneração bruta, de R$ 4.192,00, é bastante atraente.

-Quem for empossado no cargo poderá ter horário diferenciado de trabalho, o que permitirá estudar para outros certames.

Contras

-O fato de o cargo exigir apenas nível médio não significa que quem tem diploma de curso superior ficará fora da disputa; muito pelo contrário.

-Se a remuneração é muito boa para cidades do interior, para as capitais e cidades maiores poderá não ser tão interessante.

-Horários diferenciados, em geral, são oferecidos para quem atende ao público diretamente, o que é um tanto desgastante, estressante e cansativo.

Enfim, como tudo na vida, há vantagens e desvantagens para se prestar ou não o concurso do INSS para o cargo de técnico do seguro social. Por isso, o concurseiro deve pensar muito bem se vale a pena entrar nessa batalha ou se é melhor continuar se preparando para as outras.

Fonte: Editora Impetus

Visitas: 442
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)