IBAMA promete edital em abril com 300 vagas para nível médio

29 de Fevereiro de 2012 Concursos
Após a autorização do Ministério do Planejamento para que o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) promova seu concurso público - serão oferecidas 300 vagas de técnico administrativo, que exige apenas o nível médio -, o órgão se movimenta para que o edital seja publicado em breve. Segundo o coordenador de Gestão do Desempenho dos Recursos Humanos, Albert de Jager, uma comissão foi montada para agilizar a seleção.

"Montamos um grupo de trabalho para definir qual será a organizadora e para que o edital seja publicado em abril ou, no máximo, no início de maio, apesar de termos seis meses para fazê-lo. Nossa intenção é convocar os aprovados ainda este ano", afirmou. O técnico administrativo terá remuneração inicial de R$2.580,72, sendo R$1.489,52 de salário-base, R$787,20 de gratificação e R$304 de vale-alimentação. O Ibama ainda proporciona vale-transporte e plano médico-odontológico, para titular e dependentes. A carga será de 40 horas semanais, e o regime de contratação, o estatutário, que garante a estabilidade. A seleção deverá abranger todos os estados e o Distrito Federal.

O Ibama havia solicitado 324 vagas para esse cargo e 38 para analista administrativo, de nível superior, que ficou de fora. Apesar do número de vagas ser menor que o solicitado e o cargo de nível superior ter sido excluído da seleção, Albert de Jager acredita que o instituto será beneficiado com a chegada dos novos servidores públicos, que irão substituir os trabalhadores terceirizados, de acordo com a portaria publicada pelo Ministério do Planejamento.

"Recebemos com alegria a notícia da autorização do concurso, mesmo com menos vagas para técnico e sem o analista. Estamos cientes de que teremos muito trabalho", declarou Albert. "A direção do Ibama continuará insistindo no concurso de analista administrativo", completou. Para corroborar com essa informação, o diretor de Planejamento, Administração e Logística, Edmundo Soares do Nascimento Filho, declarou que mais dois concursos ainda serão realizados, para candidatos de nível superior. As oportunidades serão para analista ambiental, com previsão inicial de 109 vagas, e analista administrativo, com 62. Esse último "está em vias de ser autorizado", garante o diretor.

Concurso-2009 não é parâmetro - Quanto ao concurso já autorizado, a expectativa agora é pela distribuição das 300 vagas pelos estados e Distrito Federal. "Isso será a maior discussão aqui no Ibama, mas a distribuição só será conhecida com a publicação do edital", afirmou. Embora alguns especialistas afirmem que os interessados em participar da seleção já podem estudar, tomando por base o conteúdo programático do concurso realizado em 2009, pelo Ministério do Meio Ambiente, Albert diz que o caminho não é esse.

"Não é possível comparar com o concurso do Ministério do Meio Ambiente, pois trata-se de outra carreira, outro cargo. Por essa razão, não sugerimos verificar nenhum outro edital para estudo. Principalmente por ser um concurso inédito, é necessário aguardar a publicação do edital para conhecer o conteúdo programático", afirmou.

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 118
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)