Natal - Oportunidade de Trabalho Temporário para Concurseiros

17 de Dezembro de 2012 Concursos
Talvez um dos maiores problemas que os concurseiros enfrentam em relação à família e, principalmente, entre eles mesmos, seja a questão de optar por não trabalhar para se dedicar exclusivamente aos estudos, sobrevivendo por longos períodos por conta dos pais ou de alguma reserva dos últimos trabalhos (FGTS, seguro desemprego, 13º salário etc.).

Entretanto, essa escolha nem sempre é bem vista pelas outras pessoas, principalmente pelos familiares e amigos, que não concordam que alguém vire um eremita da noite para o dia, se enclausurando em um quarto, ou seja, isolando-se de tudo e de todos, vivendo exclusivamente para o estudo.

Todos nós sabemos como é caro estudar para concursos públicos. Os materiais de estudo são caros e precisam ser atualizados a cada ano, os cursos preparatórios que custam uma fortuna, gastos com viagens e hospedagem para prestar concursos em outros estados, além das taxas de inscrições, que em menos de cinco anos já dobraram de valor.

Agora imagine a situação para um candidato sem nenhuma renda e que tenha que arcar com todas essas despesas, isso é possível? Claro que é! Basta somente que ele seja criativo e esteja aberto para novas oportunidades.

Uma boa dica são as "vagas temporárias" ou trabalho de "meio período", abertos em todo o país por conta do Natal e do final de ano. A oferta de trabalho temporário não para de crescer a cada ano, e nem é preciso ter muita experiência para ser contratado. As empresas querem mesmo é mão de obra para vender mais e atender melhor seus clientes.

Para você que ficou interessado, selecionei algumas perguntas e respostas sobre trabalho temporário:

Como funciona o trabalho temporário?

Antes de tudo é bom dizer que trabalho temporário não é "bico", funciona como qualquer outra atividade, só que com um prazo determinado de no máximo três meses.

O trabalhador temporário tem os mesmos direitos em relação aos outros trabalhadores?

O trabalhador temporário possui todos os direitos legais estabelecidos na CLT para os demais trabalhadores, como por exemplo: jornada de oito horas, férias proporcionais, 13º proporcional, horas-extras, seguro de acidentes de trabalho, benefícios da previdência social, FGTS, repouso semanal remunerado e, ainda, receber o salário igual aos funcionários da sua mesma categoria. Sem esquecer outros benefícios como o vale-transporte, ou vale-alimentação (dependendo do trabalho). Além disso, se o trabalhador já tem mais de cinco anos de carteira assinada e trabalhou somente por um mês (com carteira assinada) no ano anterior, receberá um salário mínimo proveniente do PIS.

Onde estão essas vagas temporárias?

Em praticamente todas as áreas como: indústrias, shoppings, supermercados, internet... Exercendo funções de vendedores, fiscais de loja, promotores, web design, atendentes, operadores de telemarketing, caixas, seguranças, motoristas, entre outras.

Além dos trabalhos temporários, ainda existem outras atividades que não necessitam de tempo integral e nem de grande experiência na área. Até mesmo nas redes sociais como o Facebook e o Twitter, é possível encontrar ótimas oportunidades de trabalhos que podem ser executados em casa mesmo, somente com a ajuda da internet.

Portanto, conseguindo um trabalho temporário ou fazendo qualquer outra atividade que gere alguma renda extra, o concurseiro estará resolvendo diversos problemas em um único pacote, como:

- dar uma reforçada legal no seu caixa, atualizando todo o material de estudo, como fazer aquele curso das matérias que está encontrando dificuldade em aprender. Além, de se preparar para despesas eventuais com viagens, taxas de inscrições etc.;

- ficar bem na fita com o pessoal de casa, com os amigos e com você mesmo;

- curtir um pouco a realidade, atualizando-se com o mercado de trabalho privado e dando um bom tempo para organizar suas ideias sobre os projetos futuros.

RESUMO DA ÓPERA - Estudar para concurso público não deve ser encarado como uma única meta em sua vida, mas como algo natural e prazeroso, igual a qualquer outra atividade. Algo que faça parte da sua vida e, ao mesmo tempo, que possa ser também compartilhado por todos que lhe cercam.

"O trabalho afasta de nós três grandes males: o tédio, o vício e a necessidade." (Voltaire)

FONTENELE é escritor, concurseiro, analista de redes sociais e colunista do blog do Concurseiro Solitário. Twitter: https://twitter.com/#!/fonteneleleal - Facebook: https://www.facebook.com/Fonteneleleal

Fonte: Fontenele Leal é concurseiro e analista de redes sociais

Visitas: 117
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)