Remuneração de R$ 5.133,18 a R$10.392,20.

02 de Abril de 2013 Concursos
Novidades no concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), cujas inscrições estão abertas até o próximo dia 10: houve mudança no requisito para o cargo de analista administrativo, na área 5. Além da formação indicada anteriormente, agora também podem concorrer à função graduados em qualquer curso na área de Tecnologia da Informação.

A seleção destina-se ao preenchimento de 314 vagas em Brasília, em cargos dos níveis médio e superior, com rendimentos de R$5.133,18 a R$10.392,20. As provas serão aplicadas no Rio de Janeiro, entre outras capitais.

Das vagas, 128 são para o nível médio, sendo 100 para o cargo de técnico em regulação e vigilância sanitária, cuja a remuneração é de R$5.357,98; e 28 para técnico administrativo. Nesse caso, os rendimentos são de R$5.133,18.

Para os graduados (em diversas áreas) há 157 vagas para especialista em regulação e vigilância sanitária e 29 para analista administrativo. As remunerações são de R$10.392,20 e de R$9.636,20, respectivamente. Para todas as funções, os valores já incluem R$373 de auxílio-alimentação.

Os interessados em participar podem efetuar a inscrição pelo site do Cetro Concursos[url=http://www.cetroconcursos.org.br][/url], organizador, até as 16h59 do dia 10 de abril. A taxa é de R$50 para técnico administrativo e técnico em regulação e vigilância sanitária e de R$70 para especialista em regulação e vigilância sanitária e analista administrativo.

Com a contratação ocorrendo pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia, os profissionais cumprirão carga de trabalho semanal de 40 horas. O prazo de validade do concurso é de um ano, prorrogável por igual período.

As provas objetivas e discursivas estão marcadas para 2 de junho. Os candidatos aos cargos de técnico administrativo e de técnico em regulação serão avaliados somente no turno da manhã. Além da avaliação de múltipla escolha com 80 questões, haverá ainda uma redação, que versará sobre sobre Vigilância Sanitário, para a primeira função, e sobre Regulação e Administração Pública e Vigilância Sanitária e Saúde Pública, para a segunda.

O exame objetivo abrangerá Língua Portuguesa (10), Raciocínio Lógico e Quantitativo (5), Direito Constitucional e Administrativo e Ética (10), Regulação e Administração Pública (10), Vigilância Sanitária e Saúde Pública (5) Conhecimentos Específicos (40).

Já os concorrentes às funções de analista administrativo e especialista de regulação serão avaliados no turno da manhã (prova objetiva de Conhecimentos Gerais e avaliação discursiva) e à tarde (prova objetiva de Conhecimentos Específicos.

O exame objetivo abrangerá Língua Portuguesa (10), Inglês (10), Direito Constitucional e Administrativo (10), Políticas Públicas e Gestão Pública (10), Regulação (10), Vigilância Sanitária (10) e Conhecimentos Específicos (60). Já o discursivo, terá como tema Regulação e Vigilância Sanitária.

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 133
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)