Corporação já conta com 3.007 vagas autorizadas

29 de Julho de 2013 Concursos
Além das 2.805 vagas já autorizadas para preenchimento por meio de concurso público da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP), o governador Geraldo Alckmin autorizou mais 202, no último dia 24, destinadas à Superintendência da Polícia Técnico-Científica. Do total, 25 são para a carreira de médico legista, 34 para perito criminal, 82 para fotógrafo técnico-pericial, 27 para auxiliar de necropsia e 34 para atendente de necrotério. As remunerações são de R$2.986,03 para atendente de necrotério, com exigência de ensino fundamental; R$3.566,33 para fotógrafo e auxiliar de necropsia, com exigência de nível médio e R$7.547,29 para perito e médico legista, ambos para nível superior. Das 2.805 vagas, autorizadas em maio, 1.384 são para investigador (1.384), 1.075 para escrivão, 217 paraagente policial e 129 para delegado. A expectativa é de que os editais comecem a ser publicados ainda nesse semestre.

Os editais para todas as vagas autorizadas já estão sendo elaborados simultaneamente pela Secretaria de Concursos Públicos da Academia de Policia. Posteriormente os documentos passam por uma análise na consultoria jurídica da Secretaria de Segurança Pública, para que sejam aprovados e então seja realizada a licitação para a escolha da empresa organizadora das etapas de inscrição e prova escrita. Na última série de concursos, a escolhida foi a Fundação Vunesp. "Não é possível falar uma data, pois tudo depende da análise da consultoria
jurídica. Após esse processo nós poderemos estipular datas para as publicações. A nossa idéia é iniciar os processos de seleção para todos os cargos já neste semestre", afirmou o diretor da Acadepol, Mario Leite de Barros Filho, em declaração recente à FOLHA DIRIGIDA.

A série deve começar pelo concurso de delegado, seguido por escrivão, investigador, agente policial, médico legista e perito. Uma das possíveis mudanças para a nova série de concursos é a elaboração de editais regionalizados, na qual os candidatos concorrem a um determinado número de vagas em cada região do estado. "Nós queremos atender todas as regiões do estado, suprindo tanto as necessidades da capital quanto do interior. Para isso estamos pensando na realização de concursos regionalizados, no qual se abre um número de vagas específico por localidade", ressalta Mario Leite .


MAIS VAGAS
Em 3 de julho o governador Geraldo Alckmin sancionou a Lei Complementar 1.206/2013, que cria 1.853 cargos para a Superintendência da Polícia Técnico-Científica. As vagas estão divididas entre oficial administrativo (600), médico legista (200), perito criminal (529), desenhista técnico (55), fotógrafo técnico- pericial (120), auxiliar de necropsia (155), atendente de necrotério (110) e técnico de laboratório (84).

Apesar de a autorização do concurso para os cargos da Polícia Científica contar com um número menor de vagas, a expectativa é de que o quadro criado pelo texto seja preenchido com os aprovados nas próximas seleções e também por remanescentes dos concursos em andamento. O órgão ainda aguarda autorização para o cargo de oficial administrativo, um dos mais aguardados, entre os criados pela nova lei.

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 141
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)