Agente de fazenda: prazo aberto para 2º grau!

19 de Setembro de 2013 Concursos
A partir das 10h desta quinta-feira, dia 12 de setembro, estarão abertas as inscrições para o concurso de agente de fazenda da Secretaria Municipal de Fazenda do Rio de Janeiro. Para concorrer a uma das 64 vagas oferecidas, é preciso ter o nível médio. A remuneração do cargo pode chegar a R$5.022 (sendo R$551,20 de vencimento básico, R$126,80 de complemento salarial e até R$4.344 de gratificação). A carga de trabalho é de 40 horas semanais. As inscrições devem ser feitas até 24 de setembro, no site da organizadora, a Secretaria Municipal de Administração (SMA). No ato, o candidato precisará imprimir boleto e pagar a taxa (no valor de R$50), até as 16h do próximo dia 25, nos bancos credenciados, cuja lista completa está no item III do edital.

Quem desejar pedir isenção da taxa tem, de quinta a sábado, 12 a 14, para fazer a solicitação no site da SMA. Depois, em 17 ou 18 de setembro, o interessado deverá se dirigir a um dos locais disponibilizados (das 10h às 13h e das 14h às 16h), para ser submetido à avaliação de hipossuficiência. Nesses dias em que o interessado deverá ser apresentar, será preciso estar portando os seguintes documentos: originais e cópias de comprovante de residência, certidão de nascimento ou de casamento ou de divórcio, último contracheque e carteira de trabalho, além de declaração de próprio punho sobre a renda familiar, com comprovante, de parentes de primeiro grau que residam no mesmo endereço do candidato. Os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa, correspondente à prova objetiva, em data que será definida em breve pela organizadora. O cartão de confirmação, com horário e os locais do exame, estarão disponíveis no site da SMA, a partir do dia 1º de outubro.

O exame será composto por 80 questões de múltipla escolha, sendo 40 de Conhecimentos Gerais (20 de Língua Portuguesa, dez de Noções de Matemática Financeira, cinco de Raciocínio Lógico-Quantitativo Analítico e cinco de Noções de Informática) e 40 de Específicos, sendo 30 de Noções de Direito (Administrativo, Constitucional, Tributário e Ética do Servidor na Administração Pública), cinco de Processo Administrativo e cinco de Processo Administrativo Tributário. Será considerado aprovado o candidato que tirar, pelo menos, 66 pontos (dos 110 possíveis) do total da prova e, simultaneamente, obter a pontuação mínima em cada matéria. A validade da seleção é de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

Serviço
Inscrições e isenção: [url=http://www.concursos.rio.rj.gov.br][/url]www.concursos.rio.rj.gov.br
Entrega dos documentos para isenção: II Região Administrativa - Rua República do Líbano,54 - fundos - Centro, RJ; VIII Região Administrativa - Rua Desembargador Isidro, 41, Tijuca, RJ; ou sede da 8ª Coordenadoria Regional de Educação - Rua Biarritz, 31, Bangu

Professor de Informática cita os principais assuntos

Uma das disciplinas cobradas no concurso para agente de fazenda da Secretaria Municipal de Fazenda do Rio de Janeiro será Noções de Informática. Para orientar os candidatos, o professor Paulo Barbosa pontua os principais tópicos que devem ser estudados: hardware, Word, Excell e rede de computadores.
"Em hardware, aconselho que o foco seja em conectores, portas, memória e capacidade. Já em Word, o que sempre cai são teclas de atalho, ícones e recursos principais. Em Excell, funções internas e operações práticas. Em rede de computadores, protocolos, navegação e páginas devem ser bem estudados."

Segundo ele, como o conteúdo programático é extenso demais para o número de questões (cinco), algum ponto deverá ser mais privilegiado. "Acho que a parte de rede/computadores será a mais cobrada, de 40% a 50% da prova. Em Word, sugiro que o estudo seja mais teórico, porque o universo de questões possíveis é bem grande", explicou. De acordo com Paulo, a melhor maneira de se preparar é ver a teoria e depois passar a fazer exercícios. "Não adianta fazer provas anteriores se a pessoa não tem conhecimento do assunto. Fazendo exercícios, o candidato passa a saber o estilo de questão da banca", disse.
Como ainda não há uma data prevista para a prova ser aplicada, o professor indica que seja feito um cronograma de estudo. "É preciso ter disciplina e seguir a programação à risca. Não adianta estudar muito de um dia para o outro, já que o edital saiu. Basta ter um calendário e estudar um pouco cada dia e aumentar esse tempo paulatinamente."

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 282
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)