Delegado-SP: saiu edital com 140 vagas

13 de Junho de 2011 Área Policial
As inscrições do concurso para o preenchimento de 140 vagas de delegado, autorizado pelo governador Geraldo Alckmin em 35 de março, serão recebidas a partir de quinta-feira, dia 16. O atendimento ocorrerá até o próximo dia 27. "O governo tem pressa na realização do concurso", ressalta o presidente da comissão do concurso, Youssef Abou Chahin. Para concorrer é necessário possuir curso de nível superior em Direto, sem necessidades de registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e carteira de habilitação categoria "B".

A remuneração inicial da categoria varia de acordo com a quantidade de habitantes na cidade onde o servidor for empossado. O valor é de R$5.438,30 para cidade com até 500 mil habitantes e R$5.874,30 para mais de 500 mil, com o adicional de insalubridade de R$436,00. A taxa é R$57,59. As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da Polícia Civil. Quem não possui computador deve comparecer nas unidades do Poupatempo e Infocentros, que oferecem internet gratuitamente, pelo programa Acessa São Paulo.

O concurso é destinado para candidatos de ambos os sexos, para preenchimento em todo o estado, sem distribuição de número de vagas por municípios. "Não tem como saber onde serão oferecidas as vagas no momento", explica o presidente da comissão. "Pode até ter vaga em um lugar, mas nós vamos tirar alguém de outro lugar e colocar nessa vaga, porque esse distrito é mais movimentado do que o outro.
Independente dos concursos, os ajustes são feitos. Os remanejamentos são diários. Não há como prever, apenas quando terminar do curso de formação profissional", explica.

O processo seletivo constará de provas objetivas, escritas e orais, com questões versando sobre as seguintes disciplinas: Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Especial Federal, Medicina Legal, Criminologia, Informática e Lógica. De acordo com o presidente da comissão, a expectativa é de que a aplicação das provas da primeira fase ocorram dentro de um período de 30 a 45 dias após a publicação do edital. Ainda haverá avaliação de títulos.

Para quem já está se preparando, recomenda estudo acentuado em todas as disciplinas "Não tem como estudar uma coisa sem estudar outra. Logicamente, a gente vai publicar os pontos a serem abordados. Naturalmente, na área Penal não será cobrado todo o Código", diz. Com relação às nomeações, o presidente da comissão adianta que a expectativa é de que ocorram ainda no segundo semestre. "Se tudo ocorrer muito bem, muito bem, talvez no final deste ano. Mas, normalmente, um concurso leva uma média de oito meses", dia.

Inscrições: www.policiacivil.sp.gov.br/concursos

Fonte: Folha Dirigida em 11/06/2011

Visitas: 371
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)