PF: Editais previstos para o mês que vem

16 de Janeiro de 2012 Área Policial
O diretor de Gestão de Pessoal da Polícia Federal (PF), Maurício Leite Valeixo, informou na última quarta-feira, dia 11, que os editais do concurso para 600 vagas de agente e papiloscopista (um para cada cargo) deverão ser divulgados em fevereiro. O projeto básico dos editais já está pronto, e os documentos serão finalizados após a escolha da organizadora.

Serão oferecidas 500 vagas de agente e 100 de papiloscopista. Ambos os cargos têm como requisito o ensino superior completo, em qualquer área, e a carteira de habilitação na categoria B ou superior. Além da estabilidade (regime estatutário) e da oportunidade de atuar em uma das corporações mais respeitadas do país, a conquista de uma vaga proporcionará remuneração inicial de R$7.818, já incluindo o auxílio-alimentação de R$304.

Segundo Valeixo, os editais só não serão divulgados no mês que vem caso haja algum contratempo. Inicialmente, a comissão do concurso chegou a cogitar a publicação neste mês, desde que a organizadora fosse definida na primeira semana, o que não aconteceu.

Novidades - Existe a possibilidade do programa do concurso sofrer alterações em relação aos anteriores. Entretanto, o diretor de Gestão de Pessoal do departamento já orientou os interessados a estudarem com base no edital do concurso passado para o cargo pretendido, enquanto não há um novo edital.

Sobre as etapas, sendo mantida a estrutura do último concurso promovido pela PF (em 2009, para agente e escrivão), os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursiva (com as disciplinas variando conforme o cargo), avaliação psicológica, exame médico, exame de aptidão física e curso de formação, além de investigação social.

As provas para os dois cargos serão aplicadas na mesma data, impossibilitando concorrer a ambos. A previsão é que os aprovados sejam lotadas nas regiões de fronteira.

Outras vagas - Ao todo, a PF recebeu autorização do Ministério do Planejamento para abertura de concursos para 1.200 vagas até 12 de junho. As 600 vagas restantes, que serão oferecidas em uma segunda seleção, são para escrivão (350 vagas), delegado (150) e perito (100), todos de nível superior. A remuneração inicial é de R$7.818 para escrivão e de R$13.672 para delegado e perito (também com auxílio).

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 335
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)