MDA tem novo concurso para 150 vagas de até R$ 8,3 mil

26 de Novembro de 2013 Concursos

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realizaprocesso seletivo para a contratação de 150 profissionais temporários, que serão responsáveis por desenvolver atividades inerentes ao processo de regularização fundiária na Amazônia Legal. Os salários vão de R$ 1.700 a R$ 8.300.

Os aprovados cumprirão jornadas de trabalho de 40 horas semanais. Do total de ofertas, 5% são reservadas a pessoas com deficiência. São oportunidades para quem tem os níveis médio e superior de formação.

O prazo de inscrições já está em vigor e segue até às 20h do dia 16 de dezembro, pelo site www.universa.org.br. Para tanto, o interessado paga taxas de R$ 35 a R$ 65, de acordo com a escolaridade da função.

Haverá prova objetiva para todos os participantes no dia 19 de janeiro de 2014. Serão questões de língua portuguesa, legislação, atualidades, raciocínio lógico-quantitativo, noções de direito e noções de informática. Os candidatos de nível superior também terão prova de títulos.

As etapas serão nos municípios de Altamira/PA, Belém/PA, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Cuiabá/MT, Humaitá/AM, Macapá/AP, Manaus/AM, Marabá/PA, Palmas/TO, Porto Velho/RO, Rio Branco/AC, Santarém/PA e São Luís/MA.

As vagas

No nível médio, são 13 vagas para técnicos em informática e 27 para técnicos em agrimensura. Também podem concorrer a estas vagas, técnicos agrícola, cartográfico e em geoprocessamento.

Já para o nível superior, estão abertas  78 vagas para profissionais com qualquer área de formação superior, sendo que 44 são para o cargo de atividades de suporte, com salário de R$ 3.800. Há 29 vagas para atividade técnica de complexidade intelectual, com salário de R$ 6.130 e cinco vagas para atividade técnica de complexidade gerencial, com salário de R$ 8.300.

Para os graduados em ciências contábeis são duas vagas e cinco para graduados em tecnologia da informação. Para engenheiros em agrimensura ou engenheiros cartográficos, especializados em geoprocessamento, são oferecidas sete vagas (sendo seis de atividade técnica de complexidade intelectual e uma para atividade gerencial). Para os engenheiros agrônomos são oferecidas 18 vagas.

Mais detalhes no edital. As vagas serão ocupadas nos Estados de Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, mais o Distrito Federal.

George Corrêa

www.jcconcursos.com.br

Fonte: JC Concursos

Visitas: 328
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)