Niterói/RJ tem 350 vagas de guarda civil municipal

05 de Maio de 2014 Concursos

Foi divulgado o edital da Guarda Civil do Município de Niterói que visa preencher 350 postos para o cargo de guarda civil municipal e formar cadastro reserva. Para concorrer é necessário ter concluído o ensino médio.

A remuneração inicial para a carreira é de R$ 2.278,37, composta por vencimento, gratificação de risco e por regime especial. Para atuar é necessário ter Carteira Nacional de Habilitação até a conclusão do curso de formação profissional.

Inscrições e seleção – A participação deve ser requerida das 12h do dia 6 às 12h de 11 de maio, por meio do site www.coseac.uff.br. A taxa a ser paga é de R$ 75.

O processo seletivo se dará pelas seguintes etapas: prova de conhecimentos; exame antropométrico, no qual é comprovada a estatura mínima de 1,60 para mulheres e 1,70m para homens; prova de capacidade física; teste psicotécnico; exame médico; e investigação social e documental.

As avaliações de conhecimento serão aplicadas no dia 27 de julho e conterão questões sobre língua portuguesa, conhecimentos básicos de direito, de informática e sobre o município.

Segundo o edital, a jornada de trabalho poderá ocorrer em escalas de 12 x 36 horas, 24 x 72 horas, e 40 horas semanais, esta última com expediente de oito horas diárias, podendo haver convocação para trabalho em regime de plantão diferenciado, de acordo com a necessidade do serviço.

Função – Compete à Guarda Civil Municipal de Niterói, dentre outras atribuições previstas em leis e regulamentos, o exercício de atividades de Polícia Administrativa, vinculadas às atividades de planejamento, coordenação, execução, controle, orientação e fiscalização, inerentes a políticas de prevenção da violência no município, objetivando a proteção da população e dos próprios municipais.

 

Carolina Pera

www.jcconcursos.com.br

Fonte: JC Concursos

Visitas: 434
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)