Eletrobras Acre publica edital com 987 oportunidades

23 de Outubro de 2014 Concursos


Foi lançado pela Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre) edital de concurso público para a seleção de 62 profissionais efetivos e a formação de cadastro reserva com 925 posições.
As vagas serão preenchidas nos municípios de Rio Branco, Senador Guiomard, Plácido de Castro, Capixaba, Porto Acre, Campinas, Acrelândia, Bujarí, Sena Madureira, Manoel Urbano, Santa Rosa, Vila do V, Brasiléia, Assis Brasil, Xapuri, Epitaciolândia, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Rodrigues Alves, Porto Valter, Mâncio Lima e Marechal Thaumaturgo.
Para se candidatar é preciso preencher o formulário de inscrição no site www.ibeg.org.br até o dia 11 de novembro, pagando taxa de R$ 30 (eletricista auxiliar), R$ 50 (nível médio) e R$ 70 (colocações de nível superior). Pedidos de isenção serão aceitos até 15 de outubro.
A avaliação dos participantes será feita por meio de provas de múltipla escolha e práticas.
Os municípios de Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre, receberão os inscritos no dia 14 de dezembro para a realização dos exames objetivos de conhecimentos gerais e específicos. Os testes serão realizados das 9h às 12h para empregos de níveis fundamental e superior e das 15h às 18h para os que requerem ensino médio.
Nos dias 30 de janeiro e 1º de fevereiro serão promovidas as avaliações práticas para eletricista auxiliar e eletricista motorista.
Os selecionados serão contratados pelo regime celetista (da Consolidação das Leis do Trabalho) e terão de cumprir jornada mensal de 220 horas.
Cinco por cento das chances são para pessoas com necessidades especiais e 20% se reservam aos afrodescendentes.
Carreiras – Ensino fundamental completo e curso de eletricidade básica de 40h são os requisitos para tentar o ofício de eletricista auxiliar (10 + 250 CR), que remunera com R$ 1.196,70 mensais.
No nível médio são oferecidas chances em suporte (8 + 100 CR). Profissionais com instrução técnica na área, registro no órgão da classe (quando cabível) e curso de NR10 básico e complementar escolhem entre as funções de técnico de eletrotécnica (21 + 150 CR), técnico de segurança do trabalho (1 + 10 CR) e eletricista motorista (21 + 300 CR). Este último posto também requer carteira de habilitação a partir da categoria “B”. Os salários são de R$ 2.098,21 (eletricista e suporte) e R$ 2.292,75 (demais empregos).
Por fim, as ocupações de profissional de nível superior nos ramos de direito (10 CR), assistência social (10 CR), comunicação social (10 CR), engenharia elétrica – com NR10 (1 + 30 CR), engenharia de segurança do trabalho (10 CR), análise de sistemas – banco de dados (10 CR), contabilidade (10 CR), administração (10 CR), economia (10 CR) e medicina do trabalho (5 CR) se voltam aos graduados. Os vencimentos correspondem a R$ 4.524,71.
 

Pâmela Lee Hamer

Fonte: JC Concursos

Visitas: 537
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)