Concurso escrevente TJ/SP: saiu edital com 345 vagas

27 de Janeiro de 2015 Concursos


O Tribunal de Justiça do Estado São Paulo (TJ/SP) divulgou o edital de seu aguardado concurso público para a contratação de profissionais para o cargo de escrevente técnico judiciário, que exige ensino médio completo.
O documento disponibiliza 345 vagas distribuídas entre a 2ª e a 10ª Região Administrativa Judiciária, que englobam 278 municípios do interior e litoral do Estado, além das cidades de Cajamar, Franciso Morato e Franco da Rocha, localizadas na Grande São Paulo.


A função de escrevente apresenta remuneração de R$ 3.878,07 para trabalhar 40 horas semanais e, além disso, oferece auxílios para alimentação, saúde e transporte
 

Atribuições do escrevente do TJ/SP

Os selecionados para ocupar o posto serão responsáveis por executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça; dar andamento em processos judiciais e administrativos; atender ao público interno e externo; elaborar e conferir documentos; controlar a guarda do material de expediente; atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Inscrição e seleção

As inscrições para o concurso do TJ/SP já estão abertas e os interessados tem até às 16h do dia 6 de março para garantir participação pelo site da organizadora Vunesp (www.vunesp.com.br). As inscrições só serão efetivadas após o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50.
O processo seletivo será dividido em duas etapas. Na primeira os candidatos farão uma avaliação objetiva de caráter eliminatório e classificatório.
O exame está previsto para ser aplicado no dia 26 de abril nas cidades sedes das Regiões Administrativas Judiciárias, que são Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

A prova objetiva terá 100 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, conhecimentos em direito (direito penal, direito processual penal, direito processual civil, direito constitucional, direito administrativo e normas da corregedoria geral da justiça) e conhecimentos gerais (atualidades, matemática, informática e raciocínio lógico). 
Os aprovados no concurso do TJ/SP serão submetidos, ainda, a prova prática de formatação e digitação de texto.

Cotas

Do total de oportunidades, 50 são reservadas para pessoas com necessidades especiais, que podem se inscrever no concurso desde que a deficiência seja compatível com as atribuições do cargo. 
Os concorrentes nessa condição deverão comunicar a deficiência, especificando-a na ficha de inscrição e, no período das inscrições, encaminhar via Sedex ou pessoalmente à Fundação VUNESP (Rua Germaine Burchard, 515, São Paulo/SP, CEP 05002-062) relatório médico atestando a espécie, o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID).

www,jcconcursos.com.br

Fonte: Yahell Luci Lima

Visitas: 614
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)