Saiu edital para técnico e analista! Prazo abre dia 30

24 de Julho de 2015 Concursos


Foi publicado no Diário Oficial da última quinta-feira, dia 23, o edital do concurso para a área de apoio do Superior Tribunal de Justiça (STJ). São oferecidas 65 oportunidades imediatas, mais formação de cadastro de reserva, para técnico (24) e analista judiciários (41). Apesar de todas as chances serem destinadas à Brasília, o concurso é uma oportunidade excelente para quem busca a estabilidade empregatícia em âmbito federal. As ótimas remunerações oferecidas pelo órgão deverão atrair candidatos de todo o país. Portanto, os interessados devem reforçar a preparação a fim de obter êxito.
 
O edital pode ser consultado no documento anexado abaixo, gratuitamente. As funções são para os níveis médio e superior (em diversas áreas), respectivamente, e proporcionam ganhos de R$6.117,88 e R$9.555,93, somando-se o auxílio-alimentação de R$373 e as gratificações. Conforme a lei, há reserva de vagas para candidatos portadores de deficiência e negros. As inscrições estarão abertas a partir das 10h do dia 30 de julho, com atendimento aos interessados até 19 de agosto, no site do Cespe/UnB, organizador. As taxas são de R$70 (para técnico) e R$100 (analista).
 
Os membros de família de baixa renda inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar isenção até o próximo dia 19, indicando o Número de Identificação Social (NIS). Segundo o STJ, os técnicos serão lotados nas áreas administrativa, de Tecnologia da Informação e de Saúde Bucal. Já os analistas proverão os setores administrativo, de Segurança, Análise de Sistemas de Informação, Arquivologia, Comunicação Social, Contadoria, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Arquitetura, Fisioterapia, Medicina (Pediatria), Pedagogia, Suporte em Tecnologia da Informação e Serviço Social.
As provas objetivas estão marcadas para 27 de setembro, sendo aplicadas nos turnos da manhã (no caso dos candidatos a analista) e da tarde (para técnicos). As questõs versarão sobre conhecimentos básicos e específicos. Os concorrentes à função de analista serão ainda submetidos à avaliação discursiva e, especificamente na área de Segurança, ao exame prático. Todas as avaliações serão realizadas apenas na capital federal. A validade do concurso é de um ano, podendo dobrar, uma única vez.
 

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 655
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)