Formada a comissão de novo concurso para 1.679 vagas

01 de Março de 2016 Concursos


A Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo já conta com comissão organizadora formada para o planejamento de seus concursos, que visam o preenchimento de 1.679 vagas. Os nomes dos integrantes foram divulgados no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, dia 26. O grupo será responsável pela elaboração dos editas e escolha da organizadora para as seleções de agente de segurança penitenciária, agente técnico de assistência à saúde (psicólogo e terapeuta ocupacional), analista administrativo, analista sociocultural (pedagogo), médico, oficial administrativo e técnico de enfermagem, todas autorizadas pelo governador Geraldo Alckmin no último dia 23.
 
O diretor de Recursos Humanos da pasta, Jose Benedito da Silva, informou que o órgão já iniciou os procedimentos para a realização dos concursos. “Queremos publicar esses editais ainda no primeiro semestre”, destacou. De acordo com ele, a urgência é decorrente da carência de servidores nesses cargos. Os concursos visam o preenchimento de vagas para o exercício de 2017.
Das vagas, 1.034 são somente para o cargo de agente de segurança penitenciária de classe I, que exige nível médio completo e possui remuneração inicial de R$3.267,39, já incluso adicional de insalubridade de R$571,51. Há ainda 265 vagas para o cargo de oficial administrativo, também de nível médio, que possui remuneração de R$1.118 já incluso abono complementar de R$86. A remuneração pode chegar a R$1.308 caso o servidor alcance 100% do prêmio de desempenho individual. 

Outras 252 vagas são para o cargo de médico I, que exige superior em medicina e registro no conselho de classe e possui remuneração de R$4.575 para a jornada de 20h semanais e de R$5.440 para a jornada de 24h semanais, já incluso adicional de insalubridade de R$250. Os valores ainda podem chegar a R$6.250 e R$7.450, de acordo com a carga horária semanal, caso os servidores alcancem 100% do prêmio de produtividade médica. 

As demais oportunidades são para os cargos de agente técnico de assistência a saúde – psicólogo (42), agente técnico de assistência a saúde – terapeuta ocupacional (5), analista sociocultural – pedagogo (5) e analista administrativo (25), todos de nível superior e para o cargo de técnico de enfermagem (51), de nível médio/técnico. Neste caso as remunerações variam de R$1.754,74 a R$2.695,34.
 

Fonte: Folha Dirigida

Visitas: 486
Categorias: Todas as Notícias | Área Jurídica | Área Policial | Carreiras | Concursos | Concursos | Entrevista | Eventos | Facebook | OAB

0 Comentário(s)