AGUARDE, PROCESSANDO

SAP/SP - 1034 vagas

24 de Maio de 2017

Foram abertas nesta terça-feira (23) as inscrições para o novo concurso da SAP/SP (Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo). A seleção preencherá 1.034 vagas na função de agente de segurança penitenciária, sendo 934 postos para homens e 100 para mulheres.

Destinada a profissionais com ensino médio completo, a carreira paga R$ 3.372,17, já considerando o salário de R$ 2.695,88 e mais R$ 676,29 de adicional de insalubridade. A jornada é de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso. 

Do total de oportunidades, o processo seletivo reserva 52 para pessoas com deficiência, das quais 47 exclusivas a participantes do sexo masculino e cinco do feminino. 

As inscrições para o concurso da SAP/SP vão até 1º de julho, pelo site da MS Concursos (www.msconcursos.com.br), com taxa de R$ 65.

Foram divulgados dois editais. De acordo com eles, a distribuição dos profissionais contratados será feita entre as unidades prisionais do Estado de acordo com a necessidade da Secretaria de Administração Penitenciária. 

 

Sobre as provas do concurso da SAP/SP


A seleção dos inscritos no concurso da SAP/SP para agente de segurança penitenciária compreenderá quatro etapas. Na primeira, os candidatos farão prova objetiva composta por 50 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa (25), matemática (15) e conhecimentos gerais (10).

Previsto para 6 de agosto, o exame escrito será aplicado em Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São Paulo, Sorocaba e Taubaté. A escolha por um dos municípios deverá ser feita no momento da inscrição.

Nas fases subsequentes, os participantes do concurso da SAP/SP passarão por teste de condicionamento físico, avaliação psicológica e comprovação de idoneidade e conduta ilibada/investigação social.

Em todas as etapas, informações sobre data, local e horário de realização das provas serão divulgadas no site da banca e no Diário Oficial do Estado (www.imprensaoficial.com.br).

O concurso da SAP/SP terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da pasta, conforme estabelecem os editais, disponíveis para consulta entre os anexos da notícia.
 

Concurso SAP/SP: atribuições do agente de segurança penitenciária


Desempenhar atividades de vigilância, manutenção da segurança, disciplina e movimentação dos presos internos em Unidades do Sistema Prisional; registrar a inclusão de presos; orientar os presos recém-chegados, explicando-lhes o uso das celas e dos diversos utensílios, bem como as disposições regulamentares da unidade; recolher os presos, escoltando-os até as celas e trancando-os com chaves de segurança; fazer a chamada dos presos, para constatar possíveis faltas e providenciar as medidas que se fizerem necessárias; abrir e fechar as portas das celas, utilizando chaves de segurança para liberar os presos para o cumprimento dos deveres na Instituição e atendimento de determinação superior; vigiar e acompanhar os presos nas celas, no trabalho, nos exercícios físicos, na hora das refeições, nas visitas a médicos, dentistas, psicólogos, observando atentamente seu comportamento a fim de evitar rebeliões, agressões, fugas e outras infrações disciplinares; examinar as permissões para entrada e saída de pessoas estranhas, observando, rigorosamente, os critérios adotados pela Unidade para verificação da autenticidade das mesmas; efetuar revistas pessoais nos visitantes dos presos e demais pessoas que adentram na Unidade, bem como nos objetos e pertences para apreender os que forem proibidos ou suspeitos; revistar e registrar a entrada e saída de viaturas, para impedir a transgressão das normas fixadas pela Unidade; realizar revistas nas dependências interiores dos estabelecimentos para fiscalização e apreensão de objetos proibidos pelo regulamento interno; tomar providências quando do surgimento de desafetos entre presos recolhendo-os às celas disciplinares; comunicar os casos de incêndio, desordem, tentativa de fuga, evasão e quaisquer ocorrências que caracterizem infração disciplinar ou irregularidade, frente às normas do estabelecimento; observar a movimentação dos presos internos em unidades do sistema prisional; e realizar outras atividades correlatas.

Nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro a avaliar.